terça-feira, 28 de agosto de 2012

As loucuras de Hick e Sol: Entregando convites

PEOPLE! 

Depois da reunião com a Hindy, saí do seu escritório determinada a desencantar a entrega desses convites custasse o que custasse!! 
Primeiro, mandei os convites do pessoal de fora pelos Correios, por carta registrada. Fica mais caro que a carta comum (é mais barato que o Sedex, depende do peso), mas chega mais rápido e não tem perigo de extraviar porque é fornecido um número de controle. Coloquei num envelope com plástico bolha (R$ 3,00 cada!!!!!! O que a gente não faz pro convite chegar intacto... rsrsrsr).  A tia do Henrique, que tem uma empresa de convites em São Paulo, elogiou bastante, minha tia de Pereira Barreto disse que a amiga dela que vai casar amou o convite, minha amiga Janaína ligou quando eu estava no SESC e a gente ficou conversando mais de uma hora por celular. Mas o mais emocionante mesmo foi o do meu avô. No começo, eu fiquei com um pouco de medo de mandar o convite e o pessoal do Ceará não entender ou ficar ofendido porque eu mandei só um. O problema é que a família é gigante, eu teria que fazer uns  150 convites pra agradar todo mundo. Mas resolvi mandar só pro meu avô mesmo assim, junto com as fotos impressas que tirei lá no Ceará e uma cartinha (nossa, fazia tanto tempo que eu não escrevia cartas...), mesmo que o resto da família falasse, e foi a decisão mais acertada que tive porque meu avô faleceu uma semana depois... Minha madrinha disse que lê e relê a carta e não para de pensar que foi uma carta de despedida... 

Pessoalmente, os únicos que entregamos juntos, eu e o Henrique, foram o da minha sogra (na verdade, EU que entreguei porque o Henrique estava mexendo no computador) e o da minha amiga/madrinha Laura, que convidou a gente pra conhecer a casinha dela lá em Lençóis Paulista. O marido dela, o Vagner, fez pizza deliciosa e a gente ficou conversando quase quatro horas!!!! 
Depois, cada um se encarregou de entregar metade dos convites. Muita gente manda pelos Correios ou por outra pessoa, mas no nosso caso, eram apenas 60 convites e Bauru é “pequena”, então peguei minha motinha e fiz questão de entregar, um por um, pessoalmente. 
Deu trabalho, demorou bastante, em algumas ocasiões eu ouvi alguns absurdos, muitas coisas que eu não merecia ter ouvido, algumas situações delicadas, algumas notícias tristes... Mas valeu a pena porque também gerou muitos momentos bacanas: 

- Na EMDURB foi uma festa! Eu comecei a chamada na hora do almoço e o povo ficou super alvoroçado! Foi uma avalanche de perguntas: “Que roupa que eu vou?” “Vai ter gravata?” “Vai ter sapatinho da noiva?” “O que que você quer ganhar?” “Tem lista de presentes?” “Qual é o cardápio?” “Quem que é o padre?” “Vai ter DJ?” “Joga o buquê pra mim, hein!” “Quantas vezes vai passar o bolo?” hehehe essa foi demais...;  

- Pus as fofocas em dia, falei dos nossos ex e relembrei meu tempo de dança do ventre com a Ana Amélia;  

- Depois de babar no jogo de jantar da Hello Kitty (lindinho!) da minha amiga Ana Lúcia, que se assumiu como Nerd com N maiúsculo (de ir em convenção e tudo), nós ficamos dançando no X Box, divertidíssimo!!;  

- Fiquei muito feliz por saber que minha amiga Ana Cláudia, que pagou um dobrado como servente na escola que a gente trabalhava, passou no concurso de merendeira e está fazendo faculdade de Pedagogia;  

- O John Pietro, filho da Nanny, que hoje mora em Marília, tinha acabado de nascer da última vez que o vi. Agora ele já tem um aninho e parece o Pequeno Príncipe! Lindo!;  

- A Lyslley está terminando a pós, fez curso de Libras, fez reforma na casinha, está supercontente no Centrinho e está cheia de projetos. Comi um pedação de bolo do André com muuuuito marshmellow por cima. Delícia!  

- O coração peludo do Gui está amando novamente!  

- Fabrício Norris está correndo com a documentação pra ser contratado efetivamente como Professor do Estado.  

- Me empaturrei de esfiha lá na casa do Rafa! A tia Cleuza fez umas quatro assadeiras! Ai, minha dieta... Foram muitas risadas, mas sempre que  a gente se encontra é uma festa...  

-A Vanuza depois de anos e anos loira ficou morena de novo.  

-Conheci a casinha do Julio;  

-Matei saudade da Sandra e da Mônica, my classmate and my English teacher. Depois de quase seis anos passando o sábado de manhã inteiro juntas, elas são obrigadas a comparecer no meu casório também! O Zé Carlos quebrou meu galho e foi buscar o convite lá na rodoviária;  

-Parece que foi ontem que eu recebi uma mensagem no celular, dizendo “Sol, deu positivo!”. Foi quando a Fer ficou grávida da Rebeca. A gente trabalhava na secretaria da escola aguentando as megerices da diretora. Aí ela me chamou pro casório dela com o Alex e depois a gente perdeu contato. Três anos depois, fui atrás dela pelo Face, pelo Orkut, por e-mail. Aí procurei o endereço antigo dela na lista telefônica e quando o irmão dela atendeu, eu toda cara de pau pedi o endereço dela. Quando chego lá, ela tinha acabado de ganhar o Henri! Lindinho ficou um tempão no meu colo e nem chorou, mesmo com meu jeitão desajeitado... 
Moral da história: Mesmo depois de ter passado tanto tempo longe e sem contato, ser recebida com tanto carinho por essas pessoas tão especiais, fez muita diferença neste momento da minha vida. É gostoso saber que apesar da vida separar a gente a amizade não acaba. Porque tem aquelas pessoas que a gente encontra e não tem assunto. Mas com esses meus amigos o assunto rolava naturalmente, por uma, duas, três, quatro horas... Eu sou uma pessoa que não tem muitos amigos, mas os poucos que tenho são pra todos os momentos. 

Besitos 

P.S.: Minhas fiéis leitoras baurulinas! Como vocês acabaram se tornando minhas amigas, vou fazer o convite também: 


Vou ter que fazer o que a etiqueta diz pra não fazer nunca: Convidá-las para a cerimônia e não convidá-las para a festa. Se pudesse convidava pra festa também, mas como sou “Sem Grana”, não vou poder arcar com os custos do bufê, mas ficarei imensamente feliz se vocês quiserem dar um pulinho lá na Igreja pra torcer pra gente!

P.S.2: Amanhã é a primeira prova do vestido!! Torçam pra ele entrar direitinho...

P.S. 3: Acho que de agora em diante as postagens vão aumentar e as visitas aos blogs vão diminuir porque...

P.S.4:  Falta um mês e um dia!!!!!  Aaaaaaaaaaaaaaaa!!!!!!
 

4 comentários:

Fabiana Coelho disse...

Sol, que delicia essa fase!!! Deve ser a fase que antecede o casamento, reencontrar os amigos, relembrar o tempo que passou, as mudanças que ocorreram, poder ver a felicidade das pessoas com a nossa alegria!!! Acho que tudo isso, faz a gente ver que tudo já valeu a pena, né?!

Solzinha, força no buquê querida pq só falta 1 mês!!! uhhhuuuuulll


Bjssss, e uma ótima quarta!!!

Nise disse...

Que fase gostosa hein...apertada ...mas parece ser mto boa mesmo.
bjos

Luciana disse...

Gostei muito do seu post, adorei a festa que algumas pessoas fizeram, e gostei muito do convite. Beijos e te espero no Blog Mil Camadas de Tule. Beijo!

Fran Huesa disse...

esse momento de entregar convites é mtooo bom msm neh...lembramos de varias historias...
bj