sexta-feira, 25 de maio de 2012

Autoconvite

GAROTADA!


Casamento? Chama eu! Chama eu! Chama eu!

Em qualquer contexto o Autoconvite é extremamente desagradável. Mas no contexto casamentício eles eclodem com uma frequência assustadora... Quem nunca ouviu um “Vê se me convida, hein!” que atire a primeira pedra. É incrível como as pessoas perdem a vergonha e se autoconvidam pro casamento da gente na maior cara dura.

Comigo, aconteceram os seguintes causos até agora (com certeza virão mais, afff):

O Auto-Padrinho

Um belo dia, o irmão do marido da prima do meu pai chega em casa pra “filar” as Brahmas do meu pops, que acaba dizendo que eu estou PLANEJANDO me casar e o fulano solta pra mim: 
Aaaaahhh!!!!!! Eu quero ser seu padrinho, hein!!!!!!!
Pensamento da Sol: “Nossa, eu devo ser o ser mais antissocial e chato da face da Terra, pra nenhum dos meus amigos querer ser o meu padrinho e eu ter que depender da boa vontade do irmão do marido da prima do meu pai! Meu filho, infelizmente, seu nome não foi cogitado nem pra lista de convidados...”
Ação da Sol: Sorriso amarelo e dar as costas. Não adiantava perder tempo argumentando, porque quando o efeito da pinga passasse, ele iria esquecer...

O sonho de viajar de avião

Na minha viagem ao Ceará ano passado, a ex-mulher do tio da minha mãe me solta: 
-  Aaaaiii, eu sempre sonhei em viajar de avião. Agora eu vou realizar esse sonho indo no seu casamento!!!!!!!!
Pensamento da Sol: “Putz, eu não estou ouvindo isso! Eu não acredito! Gente, é um casamento simples, pra 120 pessoas... Não é a abertura da Copa do Mundo no Brasil! Não dá pra realizar seu sonho num EVENTO mais importante, não? E eu não estava pensando em te chamar...”
Ação da Sol: Sorriso amarelo de novo e dizer com aquela Poker Face “Pois é!”. Infelizmente, é preciso ter respeito pelos mais velhos...

O tio que não me convidou

Minha mãe ao telefone com meu tio, irmão do meu pai: 
-  O Cesar tá meio carente porque a Sol vai casar... 
- Ah, eu vou fazer um esforcinho e vou, hein! Já pensou? Que chique!!!!!!
Pensamento da Sol: “Engraçado, quando o pessoal do Ceará casa ninguém me convida. NINGUÉM! Foi o casamento do Bebel e ninguém pensou: 'Nossa, será que o Cesar e família não gostariam de vir, hein? Vamos enviar um convite!' Mas Sumpaulo realmente mexe com a cabeça das pessoas... Será que casamento em São Paulo é tão espetaculoso assim?!?! Pra seu governo, eu moro no interior do estado de São Paulo, em Baururrrrr e aqui tem muito pobre também, entre os quais eu me incluo! Ai, Jesus, se eu fosse convidar todos os meus parentes ia ter mais gente do que no casamento do príncipe...”
Ação da Sol: Tranquilidade, tranquilidade... Minha mãe, felizmente tem noção e não dá corda pra essas coisas. Daqui um tempo ele esquece...

A prima de 2° grau que sente falta da mãe

Ao telefone com a prima do meu pai: 
- E aí, Sol? Como andam os preparativos?
- Ah... tudo caminhando bem... 
- Ahhhh, que pena que a mãe (dela) não pode vir né?
Pensamento da Sol: “Pena?! Pena eu tenho do MEU avô, que tá bem doente e não vai poder vir de jeito nenhum pra confraternizar com a filha e as netas! Tudo bem que eu gosto da velhinha, ela é super gente boa, simpática... Se ela inventar de vir, tudo bem será bem-vinda, mas eu não vou mandar convite...”
Ação da Sol: Responder “Pois é, mas também com esse clima neh?” e mudar de assunto rapidamente “E as suas filhas? Como estão? Com saúde?”

Peguete do convidado

Meu amigo terminou o namoro e agora ele reinvindica o segundo convite dele. 
-  Não quero nem saber Sol! O convite estava reservado pra mim! Até lá eu arrumo alguém!
Pensamento da Sol: “ALGUÉM? Ah, ele só pode estar de brincadeira, neh! Tipo brincadeira com um fundo de verdade... Tudo bem, vou levar na brincadeira também. Mas com um fundo de verdade...”
Ação da Sol:
- Tudo bem, mas tem que ser NAMORO com aliança de compromisso e você vai ter que apresentar pra sua mãe e me convidar pra sair com vocês, com chopp na faixa, hein! Se eu aprovar a pessoa, o convite já está reservadíssimo.

O tio que se acha meu procurador

Tem um tio morando em casa e conversando pelo telefone com a filha dele que mora no Ceará, ele me passa pro meu outro tio, que solta: 
-  Ei, sobrinha, venha pro casamento da Sol! Seu pai agora está trabalhando e tem dinheiro viu! Fala pra ele te mandar a passagem...
Pensamento da Sol: “P¨%#*%#*($¨(U*&¨(*@ que o pariu!!!!!!!!!!! Ca&*%$*¨%¨*&ete! Por que o povo pensa que eu não tenho capacidade de eu mesma convidar meus convidados! Que saco! Eu só vi a menina duas vezes na vida! Quando for o casamento das suas filhas você convida Deus e todo mundo!”
Ação da Sol: Me trancar no quarto e contar até 100 mil pra não explodir com ninguém. Aquilo foi o cúmulo da semnoçãozice! O duro que o pai da menina também ficou passado, porque ele acabou de entrar numa firma como ajudante de pedreiro... Totalmente rico!!!


É claro que esses contextos são totalmente diferentes da elegância dos meus amigos Rafael e Fabrício que me ligam com antecedência quando querem fazer uma visitinha, pra que eu possa recebê-los com a devida atenção.
Não sei se em algum desses casos, as pessoas fizeram isso porque realmente me amam demais, mas acredito que não. Quem ama, espera, confia e entende. Pra mim, o autoconvite é uma atitude extremamente egoísta, tipo "BOCA LIVRE?!?!?! Tô dentro!".
Por enquanto não me dei o trabalho de responder, explicar, bater boca, porque acho que ainda é cedo e estou me guardando pra quando a gente começar a entregar os convites. Estou na esperança dessas pessoas esquecerem ou desistirem de se autoconvidar, mas pra prevenir já providenciamos os vale-coxinhas. Só entra quem tiver o convitinho individual, sem dó, nem piedade. :P


Besitos

P.S.: Convidei meu segundo casal de padrinhos! Estou vivendo momentos muito emocionantes, muito legal!

P.S.2: Que bom que gostaram da minha almofadinha! Vou sortear uma igual, só não sei quando, mas prometo que será em breve!

7 comentários:

Fabiana Coelho disse...

Sol realmente as pessoas não tem noção, meeeesssssmo... O meu casamento falta aproximadamente um ano e as pessoas insistem no autoconvite... mas eu ainda tenho fé, que eles desistam, e no momneto estou respondendo com o sorriso amarelo (no momento acho que é a melhor opção)!!!
Ahhh, tem selinho no meu blog pra vc!!!

Bjsss, e uma semana abeçoada!!!

Anônimo disse...

Lendo este post eu cheguei a uma conclusão.. NUNCA VOU CASAR.

MaNu HeLeNa disse...

Muito legal e bem isso mesmo, o povo e sem noção sobre as garrafas o que tiver pode mandar eu agradeço !!!
bjus

Ana Gabriela disse...

Hahahaahaahahah pois eh, sem nocaozice eh foda, pior que tem caso ae que beira o escrotismo!!

Beijao Sol!


viu, nao se esqueca de mandar o email com as instrucoes da viagem no meu Yahoo, beleza?! bjo

Fernanda e João Paulo disse...

Já falei q adoro ler seus posts
kkkk Pura verdade, nada pior q essas situações... o pior q eu ainda estou rascunhando a lista do casamento, e me assusto a cada momento!

Adorei a almofadinha, e a ideia das alianças no girassol, salvei a imagem...

bjs

Bruh Worspite disse...

Nossa quanta coisa desagradável né?
Acho que todas noivas passam por isso e o ideal é fazer o que vc faz mesmo, dar um sorriso e dar as costas, rs

Tem que rir com uma coisa dessas né?!


Tem um monte de sorteio rolando lá no blog, corre lá e garanta a sua participação!
Boa sorte!!


Worspite Noivas

Carol Ogata disse...

Soooooooool,
No final das contas ficou bem legal!!!
Se possível, manda no meu e-mail o nome daqueeeeeeele fotógrafo da compra coletiva ...É que tem um site que tá com promoção e estou com um pouco de receio... Bjosss
carologata@yahoo.com.br