quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Fazendo planos: definindo prioridades e juntando grana

Como a data é 2012 e a gente não aguenta mais esperar, aliás nós achamos que não é justo conosco esperar pra juntar as escovas, porque falta algum item na casa ou porque acabou-se a grana que iria bancar a festa, então, pra começar a mexer nossos pauzinhos, definimos um "plano de metas" e prioridades pra providenciar. Aí a gente vai conquistando o que for mais importante pra gente, (aí, se até 2012 não der pra fazer tudo, não deu, ué paciência!!!!!!!!):

1º - Casamento civil: porque já é o suficiente pra minha mãe não achar que o Henrique vai me largar na próxima esquina.

2º - Viagem de lua-de-mel: porque nós amamos uma aventura, somos cidadãos cosmopolitas e ninguém é de ferro, né?

3º - Móveis essenciais para o apê: no mínimo o fogão, a geladeira e a cama, porque se ninguém der esses itens de presente nós não vamos passar tanta necessidade (eu acho...) e o restante a gente providencia com o tempo (eu acho...).

4º - Cerimônia religiosa: porque  é onde se concentra maior parte das tradições de casamento, tipo vestidão branco, buquê, padrinhos nos trinques, marcha nupcial, "eu prometo te amar e te respeitar...", "... e agora pode beijar a noiva", etc. Que é onde fica a graça do casamento e dá MUUUUUUITA vontade de se descabelar com todos esses detalhes! Dá pra tirar  muitas fotos pra lembrar desse dia tão especial, em que a gente afirma nosso amor e a vontade de fazer o melhor pelo outro diante dos nossos amigos mais queridos! É o que emociona na união...

5º - Festa!!!!!!: pra agradecer o carinho dos queridos amigos que acompanharam nossa trajetória e também pra chutar o balde!!!!!!! Uhuuuuuuuuuu!!!!! E ninguém é de ferro, né?

6º - Apê próprio: É isso mesmo, está em último lugar, por favor não me apedrejem ainda, eu juro que explico no próximo post!

Conta Conjunta

Continuando com o plano de antecipar o que a gente puder, exposto no post "Nossas 'Douradinhas" de 29/10, mas como ainda é cedo pra fechar os contratos, decidimos abrir uma conta poupança conjunta pra reservar o dindin. Além de reforçar a união e a confiança um no outro, a idéia foi boa pra evitar desesperos com contas no vermelho. Optamos pela Caixa Econômica, porque, apesar do atendimento de lá ser um caos, achamos que facilitaria quando a gente fosse financiar o apê. Sem contar que cada um de nós ganhou um Poupançudo! (Acho que foi a melhor parte do atendimento...)

Pena que só tinha esse modelo, o Balum...

Um comentário:

Ana Gabriela disse...

Ué... quem casa quer casa, não é?!!
Porque deixar por último é a família do noivo quem banca o apartamento!!!

ahuahauahuahauahuahauha

Ah, mas vai dar tudo certo!!! Se Deus quiser, né?!

Beijão Solzinha





p.s.: prefiro a porquinha piriguete em vez desse Balum! Mas com certeza, prefiro minha lata de Pringles que já está quase no talo!!